Raving Riot – A Voz dos Clubbers na Geórgia

Em maio de 2018 os olhos da cena eletrônica mundial estavam voltados para os protestos na Geórgia. Sob o pretexto de combater o tráfico de drogas as autoridades locais fizeram o uso de força excessiva para interditar o Bassiani e o Café Gallery, dois dos clubes mais emblemáticos da cidade de Tbilis.

O evento fez com que os civis (grande parte deles participantes da cena eletrônica local) fossem às ruas e protestassem, por dias, nas escadas do Parlamento da Geórgia – local que, propositalmente, foi transformado em uma verdadeira festa rave.

“Raving Riot” é um longa metragem dirigido por Stepan Polivanov que retrata estes acontecimentos de 2018 que entraram para a história do país.

O filme estreou no dia 5 de junho no Beat Festival, um consagrado festival russo de cinema independente

— Entendendo o caso Bassiani

 

Na noite de uma sexta-feira [11.05.18] a polícia de Tbilisi, capital da Geórgia, invadiu dois dos mais populares clubes do país: o Café Gallery e o BASSIANI (que já teve atrações como Ben Klock, Nina Kraviz e Jeff Mills).

O motivo da invasão alegado pelo governo foi devido a recentes mortes relacionadas ao consumo de drogas e acusações de tráfico. O clube, em contrapartida, já havia declarado na segunda-feira [07.05] que nenhuma das mortes ocorreu dentro do local, e que as acusações são parte de uma “campanha de difamação” por forças políticas.

Segundo fontes de notícia locais, os oficiais invadiram o clube às 13h e realizaram mais de 60 prisões. De acordo com o site Civil.de, os manifestantes alegaram “uso de força desproporcional” por parte da polícia, além de casos de oficiais que plantaram drogas durante as buscas. Foram efetuadas as prisões dos co-fundadores do Bassiani, Tato Getia e Zviad Gelbakhiani, além de alguns líderes das manifestações.

Os manifestantes protestaram de forma intensiva em frente ao prédio do parlamento, utilizando a frase “Juntos dançamos, juntos lutamos”. A campanha mobilizou uma gama imensa de artistas que, através das mídias sociais, apoiaram a causa do clube e da cena local.

Fotos: Nia Gvatua; Saba Gorgodze

Deixe sua Opinião